Embaixada da Nova Zelândia apoia o projeto “Modernização do Espaço Demonstrativo de Agroecologia da COEPi”

A concessão de recursos do Governo da Nova Zelândia foi aprovada no dia 12 de janeiro pelo novo embaixador deste país no Brasil, Sr. Chris Langley. Os recursos serão utilizados para construir uma estufa high-tech, perfurar um mini-poço, reformar nosso reservatório de água e realizar quatro oficinas educativas sobre: sementes crioulas e nativas + banco de sementes; produção de mudas de hortaliças e de árvores; controle integrado de pragas; e restauração ecológica. A estufa será mais uma estrutura demonstrativa da COEPi, onde moradores locais, visitantes, estudantes e agricultores poderão conhecer de perto técnicas modernas de cultivo, aliadas a ações educativas e de conservação da nossa agrodiversidade e biodiversidade. O projeto “Modernização do Espaço Demonstrativo de Agroecologia da COEPi” conta com apoio também do Centro de Pesquisa Agropecuária dos Cerrados da EMBRAPA, Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Pirenópolis e Departamento de Conservação da Nova Zelândia. Como desdobramento deste projeto, uma segunda fase já está sendo articulada, onde pretende-se realizar um intercâmbio de jovens e técnicos entre o Brasil e a Nova Zelândia, a fim de promover uma troca cultural, educativa e tecnológica com o foco em projetos comunitários de conservação da natureza e restauração ecológica de ambientes naturais.  

Notícias relacionadas